19 de dez de 2005

Visita a um amigo

(Ivan): Ouxi! Fala rapaz! Chegou cedo!
(Diego): É, algum problema?
(Ivan): Não, não, fora que eu ainda vou almoçar...
(Diego): Ouxi, vai lá, eu fico aqui ouvindo tuas mp3.
(Ivan): Fique a vontade, mas cuidado que minha mãe tá aí, não abra nenhum arquivo... inadequado.
(Diego): Pode deixar.

________________________________________

(Ivan): Buuuuurp!
(Diego): Saúde!
(Ivan): Aaaah... comi demais!
(Diego): Ei, pô, esse vídeo do incenso é muito escroto! Tu baixasse onde?
(Ivan): Baixei não pô, foi uma amiga que me mandou.
(Diego): Massa, doido. Manda pra mim depois.
(Ivan): Beleza. E aí, bora tocar? Trouxesse o violão?
(Diego): Trouxe... Mas tu não vai escovar os dentes não?
(Ivan): Eita, é mermo.
(Diego): Animal...

________________________________________

(Diego): Caramba vei, como tu consegue?
(Ivan): Ah, pô, com o tempo e a prática a pessoa pega o jeito; é só você pegar uma música que você conhece bem, que reconhece as notas e tal, aí você afina a partir dessa música.
(Diego): Nam! Pra mim não faz sentido. Como eu vou saber que um Dooouunn é um dó sustenido ou um Tiiinnnn é um si-escambau!?
(Ivan): Hehehe... Pronto, tá afinado. Se tu quiser eu te empresto meu afinador, só não lembro onde ele tá...
(Diego): Na verdade... você já me emprestou; lembra não, no dia do churrasco da galera?
(Ivan): Carai, vei, desde o churrasco... seu animal! Espero que ainda esteja inteiro pelo menos...
(Diego): Assim, na verdade, sabe como é, eu gosto de tocar lá na varanda... Eu boto em cima do murinho, aí teve uma hora que sem querer eu...
(Ivan): Não doido, não, mentira...
(Diego): Hehehehe. Tô frescando, tá inteirinho, uso ele direto.
(Ivan): Ah, bom. Seu porra!

________________________________________

(Diego): Não, assim, eu queria aprender umas músicas pra tocar pra Marcela; é foda, ela acha que eu só sei tocar Legião e Nirvana...
(Ivan): E não é verdade?
(Diego): Sai, mizera! Eu tou aprendendo Everlong e More than Words; agora Everlong não tá saindo muito parecido não...
(Ivan): É, tô ligado, porque em Everlong você tem que desafinar o violão e tal, eu te mostro. Mas, vem cá, não sabia que Marcela ouvia Foo Fighters não. Ela tem mó cara de quem ouve Sandy & Júnior!
(Diego): Taaá! Também não é pra tanto! Ela não conhece muito, muito não. Mas eu mostrei uns clipes pra ela e ela gostou, achou Dave Grohl muito engraçado.
(Ivan): Ah, saquei. Me diz uma coisa: tu e ela já...?
(Diego): Oi...? Não, não. Ainda não...
(Ivan): Ah, sei. Ela banca a difícil, né, como a maioria?
(Diego): Não pô, assim, é complicado, não é só eu querer e pronto e tal, depende de muita coisa...
(Ivan): Cara, você não precisa levar essas coisas de mulher muito a sério não. Tu ainda é muito novo e tal; se tu for nessas ondas, tu vai morrer virgem!
(Diego): Ouxi, não, nada a ver...
(Ivan): Não se preocupe, eu guardo seu segredo...
(Diego): ...

________________________________________

(Ivan): Cara, lembra que eu te falei que ia viajar e tal?
(Diego): Lembro, Tu falou assim bem rápido pelo MSN, não foi na época do teu aniversário?
(Ivan): Foi sim, dois dias depois, mas eu não te contei quem eu ia encontrar lá, contei?
(Diego): Não. Foi alguma dona?
(Ivan): Não, porra. Foi o meu pai!
(Diego): Hã? Ouxi, tu não me dissesse uma vez que não via teu pai desde os 10 anos?
(Ivan): 12! É, isso mesmo. Só falava com ele no meu aniversário quando ele ligava aqui pra casa.
(Diego): E como foi que aconteceu, simplesmente deu saudade?
(Ivan): Meu irmão, nem te conto, foi mó resenha... Eu o encontrei na internet, pelo orkut!
(Diego): Como é!?
(Ivan): Eu o vi numa comunidade de rock, o bicho falava como quem entendia mesmo das bandas e das letras, aí eu fui ver o perfil dele... O bicho tinha o nome do meu pai, mais ou menos a mesma idade, separado, tinha filhos e o rosto me parecia familiar. O pior é que eu nem tinha me tocado, mandei até um scrap pra ele elogiando um negócio lá que ele falou na comunidade, só uma hora depois é que eu pensei: “Ouxi! Esse bicho é meu pai!”
(Diego): Caraaalho!
(Ivan): Aí no outro dia tinha um scrap dele perguntado umas coisas sobre mim, ele provavelmente já desconfiava que era eu. Daí a gente passou a conversar pelo MSN direto... O bicho é mó roqueiro, eu nunca ia imaginar... Aí veio a idéia de eu passar um final de semana com ele e tal...
(Diego): Carai, não sei como tua mãe deixou.
(Ivan): Eu também não, mas ele conversou direitinho com ela e tal... E eu tava com muita vontade de ir... foi muito bom!!
(Diego): Que viagem, doido...
(Ivan): Ele tem altos vinil, um monte de CD e fitas e vídeos de um moi de banda lá, muito massa! E ele tem uma guitarra que nem a do Slash, tocou lá pra mim e tudo, e é Gibson mesmo, original!
(Diego): Tá, só falta tu dizer que teu pai é um guitarrista famoso...
(Ivan): Famoso não é não, mas já tocou numa banda cover do Kiss e numa dos Beatles, sendo que nos Beatles ele era o Ringo, o batera...
(Diego): Que massa, doido, queria ter um pai assim! Meu pai é prego demais: só ouve brega de 1800 e pouco, rumbas, Roberto Carlos... E o pior, acha que tem um gosto musical refinado!
(Ivan): Hehehe. E o melhor: meu pai vai fazer um concurso público pra cá! Se ele passar, ele volta, digaí?
(Diego): Massa...

4 comentários:

Leina disse...

1°1°1°1°...
Huahuahuahuahuahuahuahua...
Massa demais...
Mas foi, tipo, tão de repente... Eles estão conversando e o Ivan já encontrou o pai?!
Eu assumo q me confundi um pouco, mas ficou massa pq eh diálogo... Gostei Geral...
É meu filho mesmo ;P

Amanda disse...

Gostei geralllll !!! Muito bom.. Ao contrario de Leina n me confundi ¬¬


Taum lesinha a bixinha ! aeuAHEUheuHUEhauaehUHEheauHEah

Brincadeira !!! xP

Anônimo disse...

Very nice site!
» » »

be disse...

華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,
酒店經紀,
酒店工作,
酒店上班,
酒店打工,
禮服酒店,
禮服公關,
酒店領檯,
華麗夢想,
夢世界,