25 de dez de 2005

Reflexões Natalinas Aleatórias

Hoje é 25 de dezembro. Natal. Aniversário do menino Jesus. O profeta, o messias, o filho de Deus, aquele que morreu por todos nós... A data mais importante do calendário cristão (ou seria a Páscoa?). Ironicamente, essa também é a data mais importante do calendário capitalista e marca o auge do consumismo... Interessante, não?
Fim de ano é tempo de comprar roupa nova, reformar e pintar a casa e, claro, de comprar presentes; ora, o que seria do Natal sem os presentes? É uma data maravilhosa na qual a família se reúne, bota roupa nova, põe as diferenças de lado... Come peru, panetone, queijo do reino e outras coisas que nem vê o resto do ano. É um dia mágico!
Todo ano a gente ouve coisas do tipo: "Natal não é só ganhar presente", "Natal é o nascimento de Cristo", "Esse não é o verdadeiro espírito natalino". Ora, bobagem, muitos passam por dezembro sem lembrar quem foi Jesus, mas ninguém esquece que é época de comprar presentes (é só ligar a televisão). Além do mais, Natal gera emprego (temporário, mas não deixa de ser emprego) e renda. É uma data perfeita! É assim que você pensa? Eu não...
...
Meu Natal foi bom neste ano, normalmente fico morgado. Aconteceram coisas boas e por causa delas estou feliz. Foi bom principalmente porque me senti "em família" com a minha família... Foi uma sensação boa, diferente, nova... Não posso esquecer também que nessa época aniversariam dois grandes amigos meus: Allana e André. Parabéns!
...
Mudando um pouco de assunto... Vocês viram o céu hoje entre as 17h e 18h? Não perderei meu tempo tentando descrevê-lo, está além dos meus adjetivos e advérbios de intensidade e certamente vocês questionariam minha masculinidade se eu o fizesse. Só digo que vocês precisavam ter visto!
Bom, sem mais delongas, despeço-me com um singelo e clichê: Feliz Natal!

19 de dez de 2005

Visita a um amigo

(Ivan): Ouxi! Fala rapaz! Chegou cedo!
(Diego): É, algum problema?
(Ivan): Não, não, fora que eu ainda vou almoçar...
(Diego): Ouxi, vai lá, eu fico aqui ouvindo tuas mp3.
(Ivan): Fique a vontade, mas cuidado que minha mãe tá aí, não abra nenhum arquivo... inadequado.
(Diego): Pode deixar.

________________________________________

(Ivan): Buuuuurp!
(Diego): Saúde!
(Ivan): Aaaah... comi demais!
(Diego): Ei, pô, esse vídeo do incenso é muito escroto! Tu baixasse onde?
(Ivan): Baixei não pô, foi uma amiga que me mandou.
(Diego): Massa, doido. Manda pra mim depois.
(Ivan): Beleza. E aí, bora tocar? Trouxesse o violão?
(Diego): Trouxe... Mas tu não vai escovar os dentes não?
(Ivan): Eita, é mermo.
(Diego): Animal...

________________________________________

(Diego): Caramba vei, como tu consegue?
(Ivan): Ah, pô, com o tempo e a prática a pessoa pega o jeito; é só você pegar uma música que você conhece bem, que reconhece as notas e tal, aí você afina a partir dessa música.
(Diego): Nam! Pra mim não faz sentido. Como eu vou saber que um Dooouunn é um dó sustenido ou um Tiiinnnn é um si-escambau!?
(Ivan): Hehehe... Pronto, tá afinado. Se tu quiser eu te empresto meu afinador, só não lembro onde ele tá...
(Diego): Na verdade... você já me emprestou; lembra não, no dia do churrasco da galera?
(Ivan): Carai, vei, desde o churrasco... seu animal! Espero que ainda esteja inteiro pelo menos...
(Diego): Assim, na verdade, sabe como é, eu gosto de tocar lá na varanda... Eu boto em cima do murinho, aí teve uma hora que sem querer eu...
(Ivan): Não doido, não, mentira...
(Diego): Hehehehe. Tô frescando, tá inteirinho, uso ele direto.
(Ivan): Ah, bom. Seu porra!

________________________________________

(Diego): Não, assim, eu queria aprender umas músicas pra tocar pra Marcela; é foda, ela acha que eu só sei tocar Legião e Nirvana...
(Ivan): E não é verdade?
(Diego): Sai, mizera! Eu tou aprendendo Everlong e More than Words; agora Everlong não tá saindo muito parecido não...
(Ivan): É, tô ligado, porque em Everlong você tem que desafinar o violão e tal, eu te mostro. Mas, vem cá, não sabia que Marcela ouvia Foo Fighters não. Ela tem mó cara de quem ouve Sandy & Júnior!
(Diego): Taaá! Também não é pra tanto! Ela não conhece muito, muito não. Mas eu mostrei uns clipes pra ela e ela gostou, achou Dave Grohl muito engraçado.
(Ivan): Ah, saquei. Me diz uma coisa: tu e ela já...?
(Diego): Oi...? Não, não. Ainda não...
(Ivan): Ah, sei. Ela banca a difícil, né, como a maioria?
(Diego): Não pô, assim, é complicado, não é só eu querer e pronto e tal, depende de muita coisa...
(Ivan): Cara, você não precisa levar essas coisas de mulher muito a sério não. Tu ainda é muito novo e tal; se tu for nessas ondas, tu vai morrer virgem!
(Diego): Ouxi, não, nada a ver...
(Ivan): Não se preocupe, eu guardo seu segredo...
(Diego): ...

________________________________________

(Ivan): Cara, lembra que eu te falei que ia viajar e tal?
(Diego): Lembro, Tu falou assim bem rápido pelo MSN, não foi na época do teu aniversário?
(Ivan): Foi sim, dois dias depois, mas eu não te contei quem eu ia encontrar lá, contei?
(Diego): Não. Foi alguma dona?
(Ivan): Não, porra. Foi o meu pai!
(Diego): Hã? Ouxi, tu não me dissesse uma vez que não via teu pai desde os 10 anos?
(Ivan): 12! É, isso mesmo. Só falava com ele no meu aniversário quando ele ligava aqui pra casa.
(Diego): E como foi que aconteceu, simplesmente deu saudade?
(Ivan): Meu irmão, nem te conto, foi mó resenha... Eu o encontrei na internet, pelo orkut!
(Diego): Como é!?
(Ivan): Eu o vi numa comunidade de rock, o bicho falava como quem entendia mesmo das bandas e das letras, aí eu fui ver o perfil dele... O bicho tinha o nome do meu pai, mais ou menos a mesma idade, separado, tinha filhos e o rosto me parecia familiar. O pior é que eu nem tinha me tocado, mandei até um scrap pra ele elogiando um negócio lá que ele falou na comunidade, só uma hora depois é que eu pensei: “Ouxi! Esse bicho é meu pai!”
(Diego): Caraaalho!
(Ivan): Aí no outro dia tinha um scrap dele perguntado umas coisas sobre mim, ele provavelmente já desconfiava que era eu. Daí a gente passou a conversar pelo MSN direto... O bicho é mó roqueiro, eu nunca ia imaginar... Aí veio a idéia de eu passar um final de semana com ele e tal...
(Diego): Carai, não sei como tua mãe deixou.
(Ivan): Eu também não, mas ele conversou direitinho com ela e tal... E eu tava com muita vontade de ir... foi muito bom!!
(Diego): Que viagem, doido...
(Ivan): Ele tem altos vinil, um monte de CD e fitas e vídeos de um moi de banda lá, muito massa! E ele tem uma guitarra que nem a do Slash, tocou lá pra mim e tudo, e é Gibson mesmo, original!
(Diego): Tá, só falta tu dizer que teu pai é um guitarrista famoso...
(Ivan): Famoso não é não, mas já tocou numa banda cover do Kiss e numa dos Beatles, sendo que nos Beatles ele era o Ringo, o batera...
(Diego): Que massa, doido, queria ter um pai assim! Meu pai é prego demais: só ouve brega de 1800 e pouco, rumbas, Roberto Carlos... E o pior, acha que tem um gosto musical refinado!
(Ivan): Hehehe. E o melhor: meu pai vai fazer um concurso público pra cá! Se ele passar, ele volta, digaí?
(Diego): Massa...

14 de dez de 2005

Conversa Sem Noção no MSN

(18:30:30) Y: Itu
(18:30:34) Y: oieeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
(18:49:09) X: oiiii
(18:49:19) Y: agora ????????
(18:49:22) X: meu irmao tinha assumido aqui...
(18:49:24) X: foi mal
(18:49:25) Y: 8o|
(18:49:32) Y: nao pow
(18:49:34) Y: qlé
(18:49:35) Y: ehehe
(18:49:47) Y: deixar uma dama a esperar
(18:49:50) Y: q coisa feia
(18:49:55) Y: muito deprimente
(18:50:18) X: gulp!
(18:50:29) Y: :(
(18:50:29) X: 8-)
(18:51:04) X: Algo que eu poderia fazer para reparar lamentavel erro?
(18:51:33) Y: talvez esse caso seja irremediavel
(18:51:41) Y: sinto lhe informar
(18:51:50) Y: senhozinho
(18:52:16) X: Te-tenho que certeza que podemos conversar como pessoas civilizadas
(18:52:38) X: e chegar a um acordo benefico para ambos
(18:53:10) X: Por que você nao se senta... Quer uma agua, um café, uma pizza?
(18:53:45) Y: agua
(18:53:47) Y: por favor
(18:53:55) Y: vc sabe q sou alergica a cafe
(18:54:02) Y: e pizza tem muitas calorias
(18:54:05) Y: estou de dieta
(18:54:08) Y: seu insensivel
(18:54:09) Y: =(
(18:54:13) Y: +o(
(18:54:16) X: (sei?) Sim, sim, claro que sei, onde estava com a cabeça...
(18:54:22) Y: é mesmo
(18:54:25) Y: onDE????
(18:54:27) Y: posso saber
(18:54:32) X: Sua água, (B)
(18:54:34) Y: onde voce estava a tarde toda ?
(18:54:40) Y: obrigada mas esta sem gelo
(18:54:46) Y: ...cotinuando....
(18:55:06) Y: seu irmao no Pc..toda vez eh uma desculpa..seu irmao...oras
(18:55:11) Y: pensa que me engana
(18:55:21) Y: ^o)
(18:55:37) X: é...
(18:55:40) X: eu...
(18:55:54) X: vou pegar o gelo
(18:55:58) Y: deve ter muitas "distraçoes" para pensar
(18:56:08) Y: va antes q eu desista da agua
(18:56:14) Y: ...
(18:56:19) Y: ige caiu um mosquito nela
(18:56:21) Y: =(
(18:56:25) Y: inharkkkkkkkkk!
(18:56:31) X: eu pego outro copo
(18:56:36) X: já com o gelo
(18:56:41) X: Pronto
(18:56:42) X: Aqui
(18:56:45) Y: detetize esses aposentos ...sua casa esta parecendo um chiqueiro
(18:56:45) X: (B)
(18:56:53) Y: obrigada novamente
(18:57:08) Y: glub glub
(18:57:20) X: na verdade, os mosquitos tao aparecendo muito
(18:57:30) X: porque ta na epoca de reproducao dos
(18:57:38) X: Aedes Aegypti
(18:58:07) X: e... eu nao dedetizei ainda
(18:58:14) X: porque tem uma lei ambiental que os proteje
(18:58:23) Y: eh mesmo
(18:58:28) Y: epoca de reproduçao
(18:58:33) Y: isso me deixa deprimida
(18:59:00) X: e... eu passei a tarde na Vigilância Sanitária tentando pegar
(18:59:12) X: ma autorizacçao para dedetização...
(18:59:15) X: ...foi isso!
(18:59:19) Y: hummm
(18:59:25) Y: ao menos alguns seres tao fazendo aquilo que precisamos marcar hora !!! ossa a que ponto chegamos ...chuchu, jujuba de tamarindo
(18:59:39) Y: :'(
(18:59:49) X: ?
(18:59:54) X: *-)
(19:00:08) Y: desculpe ..proneti q nao iamos mais trocar nossos apelidos de amor
(19:00:12) Y: (ehehehhe)
(19:00:21) X: (hehhehehe)
(19:00:31) X: (chuchu e jujuba de tamarino??? kkkkk)
(19:00:38) X: cla-claro
(19:00:51) X: eu comprei os incensos de abacaxi como você pediu..
(19:00:56) Y: ( e eles se olham um pouco ..qse q furtivamente mas depois torcem o pescoço ..ainda estao brigados)
(19:01:26) Y: (e neh tosco...jujuba e ainda mais de tamarindo?? - kkkkkkkkkkk)
(19:01:49) X: (quem é o chuchu e quem é a jujuba?)
(19:02:30) Y: (ele é os dois... nao sei os dela ..inventa ai)
(19:02:55) Y: comprou? vc lembrou que eu sempre os uso, na lua cheia e nao na lua minguante???
(19:03:12) X: é...
(19:03:34) X: você me disse que na lua cheia era de melancia
(19:05:07) Y: Abacaxi eh na lu a cheia. Pq os traços astrologicos, de acordo com o circulo de Saturno que rodeia a casa de jupiter a cada quinzena no quaternario do cinturao de osiris, revelam q a melhor epoca p se usar o de ABACAXI . vc deveria saber disso p sua vida , enriquecimento pessoal meu caro.
(19:05:19) Y: :@
(19:05:30) X: oww, minha juruti...
(19:05:47) X: tire o ódio de seu coração...
(19:05:51) Y: Melancia vai depender da flexibilidade do rabo da largatixa que habita as paredes dos crepusculos solares
(19:06:33) X: esses cheiros artificias sao tao importantes assim? *-)
(19:06:38) Y: eu nao estou com odio algum ...pareço irritada p voce ?
(19:06:45) X: por que nao fazemos como os mosquitos
(19:06:58) X: e deixamos os odores naturais nos conduzir...?
(19:07:06) Y: e eu vou sentir cheiro de que? vc nem usa akele seu perfume q te dei!
(19:07:12) Y: (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk boa BOA )
(19:07:42) X: (kkkkkk)
(19:07:58) Y: ("pq nao fazemos como os mosquitos"..pensei q voce ia dizer ....o mesmo q eles fazem nessa epoca de reprodução 0 e eu morendo de rir aki!!!)
(19:08:31) Y: ("o mesmo q eles fazem nessa epoca de reprodução" - e eu morendo de rir aki!!!)
(19:08:31) X: (a ideia era essa, só que ele quis dizer que eles nao precisam de incenso...)
(19:08:44) Y: (ah tah!!)
(19:09:19) Y: (e ela lançou um sorriso ..na verdade um meio sorriso..ja gostaria de ter feito as pases há muito tempo!! e se lançar em seus braços )
(19:09:25) Y: (ehehhehee)
(19:09:33) X: (hehhehe)
(19:09:50) Y: ( agarrim)
(19:09:54) X: enquanto nos desentendemos aqui...
(19:10:08) X: milhares e milhares de casais de mosquito tão fazendo a festa...
(19:10:21) Y: os mosquitos estao se procriando
(19:10:24) Y: (KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK)
(19:10:27) X: e zombando da nossa cara
(19:10:38) X: não podemos deixar barato
(19:10:54) X: vamos descontar!!
(19:10:55) Y: nossa quanto sabedoria minha "geleia de cupuaçu"
(19:11:09) X: minha florde babosa...
(19:11:16) X: (babosa tem flor?)
(19:11:19) Y: eh verdade e deixar bem claro quem é que manda no pedaço
(19:11:28) Y: (nao sei se tem 0 kkk)
(19:11:44) X: minha tamanduá bandeira...
(19:12:27) Y: vamos deixa-los ver que temos sangue nas veias, mas nao eh p o bico deles. DEixo voce morder primeiro - (kkkkkkkkkkkkk)
(19:12:30) Y: (leseira da pow)
(19:12:50) X: (heheh)
(19:12:58) X: nhamu!
(19:13:00) Y: eh para o seu bico
(19:13:06) Y: (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)
(19:13:16) X: humm...
(19:13:20) Y: (mais uma noite de amor salva!!)
(19:13:38) X: (kkkkkkkkkkkk)
(19:13:39) Y: muitos mosquitos ficaram enciumados nakele dia
(19:14:02) Y: muitos esperamtozoides tomaram um novo destino por alamedas desconhecidas
(19:14:08) Y: (muahahahhaha)
(19:14:09) X: CORTA!!!!!!
(19:14:14) Y: Eh corta!
(19:14:15) Y: a
(19:14:23) Y: agarrim
(19:14:30) Y: The End
(19:14:43) Y: [palma]
(19:14:48) Y: Uhhuhuhuuhuhuuhuhuhuhuhuhuhuuu
(19:15:13) X: heheheh
(19:15:46) X: Você estava otima!
(19:16:12) Y: [??] como Flor de babosa, tamandua bandeira etc etc
(19:16:20) X: juruti!!
(19:16:53) Y: X [???] como geleia de cupuaçu, jujuba de tamarindo etc etc
(19:16:57) Y: EU!!!!
(19:17:11) Y: e os coadjuvantes : mosquito 1
(19:17:14) Y: mosquito 2
(19:17:20) Y: casal homo de mosquitos
(19:17:21) X: heheh
(19:17:26) Y: os detetizadores
(19:17:29) Y: 1
(19:17:30) Y: 2
(19:17:31) Y: 3
(19:17:32) Y: 4
(19:17:33) Y: 5
(19:17:36) X: kkkkkkkk
(19:17:51) Y: Agradecimentos :
(19:17:54) X: Roteiro de: improviso
(19:18:16) X: Iluminação: luminaria Startec...
(19:18:26) X: ventilação: Arno...
(19:18:36) Y: as astrologas Globba Astro
(19:18:47) Y: Teodora CrepusK
(19:18:51) Y: isso
(19:18:55) Y: (kkkkkkkkkkkkk)
(19:19:01) Y: Trilha sonora :
(19:19:14) Y: Sons Primitivos
(19:19:18) Y: (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)
(19:19:29) X: (kkkkkkkkk)
(19:19:53) X: Ao Ibama que permitiu a contratação
(19:19:56) X: de todos os mosquitos
(19:20:17) Y: [palma]
(19:20:58) Y: - AGRADEÇO AO MEU COLEGA DE ELENCO PELA OTIMA ATUAÇÃO
(19:21:04) Y: E PELA ENTREGAAO TRABALHO
(19:21:23) X: - Ah, que nada, no meio de pessoas tao talentosas
(19:21:31) X: é dificil nao sair tudo bem
(19:21:41) Y: :$ ( ele se ruborizou nesse momento)
(19:22:16) Y: )
(19:22:49) Y: - eh verdade, tivemos muita sorte nessa montagem, na escolha do cenario, em tudo
(19:22:54) Y: uhum
(19:23:14) X: Um elenco maravilhoso, um grande diretor
(19:23:29) X: E nao esquecamos de agradecer aos nossos cameras
(19:23:45) Y: ( so se for as graças de Deus sobre nossas cabeças - hihi)
(19:23:53) X: Assistentes de produção, estagiários, a tia que traz o papel higienico...
(19:23:59) Y: isso!! duas telas de computer
(19:24:04) Y: (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)
(19:24:26) Y: (sem ela o que seriam de nossos .... :-# sem a tia ....)
(19:24:40) Y: Veleu pelo esforço galera !! \o/
(19:24:46) Y: (K)
(19:25:11) X: Palmas para todos!!
(19:25:51) X: [minutos depois no camarim]
(19:26:01) X: Aff, tou cercado de incompetentes!!
(19:26:15) X: cadê minha água Garanhuns com gás!!??!!??
(19:26:30) X: me troxeram Indaiá e sem gás!!!
(19:26:43) Y: (kkkkkkkkkkkkkkkkkkk)
(19:26:57) Y: que sufoco ... e akele incenso ridiculo na minha cara
(19:27:14) Y: meu cabelo da com cheiro de galeto de feira
(19:27:16) X: e a luz, mesmo na cara?
(19:27:25) Y: terrivel
(19:27:27) Y: inaceitavel
(19:27:41) X: e o cara que segurava o papel com as falas
(19:27:45) X: que saiu uma hora lá
(19:27:54) X: tive que tirar de memória!!
(19:28:00) Y: e o papel higienico?? O PAPEL HIGIENICO?? ME DIGA . uma lixa!
(19:28:03) X: pior! tive que improvisar!!!
(19:28:13) Y: EU TBM FOI TUDO DE IMPROVISO
(19:28:26) X: o papel eu já suspeitava
(19:28:32) X: por isso só trago de casa esse aqui
(19:28:39) X: do coelhinho que é o meu favorito!!
(19:28:46) Y: muito sufoco e as pessoas pensando q tinhamos decorado aquilo tudo de uma peça de Shakespeare
(19:28:56) Y: ah o meu e o o piu-piu
(19:29:07) Y: eh macio q nem bundinha de Bebe
(19:29:16) X: hehehe
(19:29:20) Y: ;)
(19:29:23) X: esse tipo tambem é bom
(19:29:29) X: eu usava desse
(19:29:41) X: mas o cheiro desse do coelhinho me agrada mais...
(19:29:46) X: oh, dá uma cheirada
(19:29:57) Y: realmenete
(19:30:04) Y: da vontade de comer com torradas
(19:30:28) X: assim, estive pensando...
(19:30:43) X: sei lá, se você nao gostaria de passar no meu apartamento
(19:30:51) X: trocar umas ideias de papel higienico...
(19:30:55) Y: hoje ?
(19:31:06) X: nao, assim, nao precisa ser hoje
(19:31:17) X: sei lá, qualquer dia aí...
(19:31:34) Y: eu tenho uma dicas de com economizar, dobrar e se livrar dele com menor esforço
(19:31:45) Y: podemos marcar sim
(19:31:51) Y: mas eu levo o meu!
(19:31:52) X: sério!?!?!
(19:32:03) X: que legal, pois eu tenho mó dificuldade
(19:32:06) Y: ;)
(19:32:10) X: de dobrar o meu depois que eu uso...
(19:32:17) Y: (KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK)
(19:32:21) Y: (KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK)
(19:32:23) X: (kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk)
(19:32:42) Y: isso pode ser aprendido sim
(19:32:44) X: ;)
(19:32:46) Y: posso te ajudar
(19:33:26) X: Ah, eu podia te preparar umas batatas fritas
(19:33:31) X: com geleia de pessego
(19:33:43) X: que sao deliciosas!!
(19:33:46) Y: geleia de cupuaçu deu vontade
(19:33:50) Y: vc tem dessas ?
(19:33:59) X: tenho sim
(19:34:24) X: eu guardo pra quando tem visita
(19:34:31) X: embore nunca receba uma visita...
(19:34:43) Y: (L) love is in the air - huuhuuhuh (q clima romantico: batatas, geleias e papel higienico)
(19:34:53) X: (hehehhhehehehehe)
(19:35:09) Y: (kkkkkkkkkkkkkkk - tbm com tanta coisa util p se falar !!! nao eh a toa q nao receba)
(19:35:24) Y: mas agora vai receber ...eu irei
(19:35:45) X: vai????
(19:35:56) X: mas assim de surpresa!?!? sem avisar??
(19:36:04) X: eu tenho que comprar a nafalina, o baygon
(19:36:14) Y: (so qdo por sorte do destino encontra uma esquisitona bizzara q nem o maniaco do papel higienico de coelhinho)
(19:36:20) X: uma maçaneta nova pra porta
(19:36:32) X: trocar o tapete...
(19:36:42) Y: entao qdo tudo estiver em ordem vc me pega ..me ligue antes
(19:36:45) X: (é o destino.....)
(19:36:45) Y: (RSRRS)
(19:37:01) Y: (L)(L)
(19:37:11) Y: hihi
(19:37:13) X: tá, eu te ligo
(19:37:53) Y: (e eles se despedem com um Beijo timido e com os pensamentos fantasiosos proibidos pela censura )
(19:37:55) Y: Muahahahaha
(19:38:05) Y: *-)
(19:38:15) X: Esse gostinho de bacalhau....
(19:38:50) Y: (nem sei qual parte ficou melhor kkkkkkkkkkkkkkkk )
(19:38:54) X: Até mais...
(19:38:57) X: ...
(19:39:00) X: Ei!
(19:39:02) X: É...
(19:39:17) X: Eu nao tenho seu número...
(19:39:38) Y: hum nao sera preciso estaremos sempre juntos
(19:39:40) X: *EU NAO TENHO SEU NUMERO!!! (gritando)
(19:39:53) Y: (ela balbuciou)
(19:39:55) Y: hihi
(19:40:00) Y: (ele nao escutou)
(19:40:05) X: NAO TE ESCUTEI!!!!!
(19:40:11) X: O NUUUMEROO!!
(19:40:28) X: DO TELEFOOONE!!!
(19:41:03) Y: ele encontra no bolso o numero dela q ela deleicamente depositou
(19:41:07) Y: ;)
(19:41:17) X: AAHHHH!!!
(19:41:21) X: NAO PRECISAAAA!!!!!!!!
(19:41:31) X: JA ACHEI!!!!! (apontando...)
(19:41:42) X: (uhauhuahuhuhu)
(19:41:46) Y: (muahahhha)

______________________________________________________________


Bom, como o titulo já diz, essa foi uma conversa muito sem noção que eu... quero dizer, que duas pessoas aí, que vocês não conhecem, tiveram pelo MSN. Deixei com todos os "erros" de português e sem os emoticons (mas com os caracteres equivalentes) porque daria muito trabalho para "transcrevê-los", se vocês derem metade das risadas que demos... ou melhor, que eles deram, ficaremos satisfeitos!
Agradecimentos especiais a Y!!

28 de nov de 2005

Semana de Casamento


Na parada de ônibus, um rapaz esperava seu transporte. “O carro tinha que dá problema logo na semana do meu casamento!”. Tinha muitas coisas para resolver. Estava um pouco ansioso. Sua noiva era bonita, trabalhava e era de boa família; os dois tinham muito em comum.

O ônibus parou e ele pôde ver uma mulher de expressão triste sentada ao lado da janela, ela também o vira – é o meu ônibus – pensou, antes de subir. Havia poucos lugares vagos, acabou sentando ao lado daquela moça.

Ela olhava com tristeza, para fora, para longe. De vez em quando, o homem ouvia uns soluços abafados. Em certo momento, percebeu um filete de água escorrendo pelo rosto da jovem, já estava na altura do queixo.

-Você está bem? - perguntou o rapaz.

Sem desviar o olhar, ela acenou que sim.

-É que você está... E-eu posso te ajudar? - insistiu.

Ela mordeu o lábio, demorou um pouco a responder. Depois enrolou o braço no dele e voltou-lhe a face parcialmente coberta pelos cabelos:

-Só preciso de um pouco de conforto – disse a mulher apoiando a face no ombro dele.

Mais lágrimas foram despejadas, acompanhas de leves soluços... Alguns minutos depois, ela se levantou, enxugou parcialmente o rosto e pediu parada. Antes de descer, despediu-se: “Obrigada!”. O noivo ficou com a imagem daquela mulher na sua mente por algumas horas.

O casamento foi no sábado: igreja cheia, decoração caprichada, muita comida e o carro estava novo em folha. Quando o padre perguntou se alguém tinha algo contra aquela união, a memória do rapaz o levou a 15 anos atrás...

Naquele tempo ele ainda não gostava de tomar banho e jogava bolinha de gude. Em poucos dias mudaria para outra cidade, estava se despedindo de sua melhor amiga. Não foi fácil, ele a conhecia desde quando ainda usavam chupeta. Fizeram um juramento: quando ficassem adultos, ele voltaria para buscá-la, os dois se casariam e viveriam felizes para sempre.

O noivo sacudiu a cabeça e as memórias foram embora. O casamento foi lindo, todos comentaram; a lua-de-mel, maravilhosa. Deu tudo certo. Ele se casou, teve filhos, conforto e sucesso.

____________________________________________________

Como vocês perceberam, isso aí em cima não tem nada a ver com minhas outras "historinhas", esse é o tal conto que eu falei em um post anterior - aliás, isso é um conto mesmo? nunca fui muito bom em diferenciar os gêneros literários... Gostaria de agradecer a um amigo meu que me inspirou a fazer essa historinha aí!

PS1: não! isso não aconteceu com ele, pelo menos não ainda... :]

PS2: ah! e antes que venham me caluniar, o diminutivo "historinha" está mais num sentido pejorativo do que outra coisa.

27 de nov de 2005

Destiny

Essa é a letra de uma música que eu gosto muito
e gostaria de compartilhá-la com vocês.

DESTINY
(Music:Tolkki/Lyrics:Tolkki)

The times are changing so fast,
I wonder how long it lasts.
The clock is ticking time is running out.
The hatred fills this Earth
and for what is worth,
we're in the end before we know.

Throughout the years
I have struggled to find the answer that
I never knew.
It strucked me like a million lightnings
and here I am telling to you.

Every second of day it is coming your way,
future unknown is here to stay.
Got to open your mind
or you will be led to astray.
There's a time to live,
there's a time to die.
But no one can't escape the Destiny.

Look all the things we've done,
under the burning sun.
Is this the way to carry on?
So take a look at yourself
and tell me what do you see.
A wolf in clothes of the lamb?

Throughout the years
I have struggled to find the answer that
I never knew.
It strucked me like a million lightnings
and here I am telling to you.


Every second of day it is coming your way,
future unknown is here to stay.
Got to open your mind
or you will be led to astray.
There's a time to live,
there's a time to die.
But no one can't escape the Destiny.

Let your spirit free,
through window of your mind.
Unchain your soul from hate,
all you need is faith.

I control my Life,
I am the One.
You control your Life
but don't forget Your Destiny...

It's time to say goodbye,
I know it will make you cry.
You make your destiny.
I know you'll find the way.
And outside the Sun is bright.
The things will be allright.
I will be back one day to you.
So please wait for ME

__________________________________________

Ah, e pra quem acha que eu estou enrolando pra não escrever...
...acertou! :] Mas eu vou continuar a história. Um dia. :P

16 de nov de 2005

Não tem título, afinal é um "rascunho"

-Que demora...
(minutos depois)
-Oiii! Faz tempo que você chegou?
-Não. Apenas... [olhando o relógio] 37 minutos.
-É o suficiente para eu não ganhar um beijo?
-Não...
[Smaaa.....................................aaack!]
-Humm... você tá cheiroso.
-E você tá linda, essa blusa parece que realça... não sei, parece que te dá mais... respeito!
-É, né safado? Tá com os ingressos aí?
-Não.
-Ouxi! Tu não disse na mensagem que ia comprar?
-Disse. Mas eu imaginei que você ia se atrasar e poderíamos perder a sessão. E como já faz... [olhando o relógio] 13 minutos que a sessão começou, acho que fiz bem [sorriso triunfal]!
-Eu já disse que você tá cheiroso hoje?

------------------------------------------------------------------------

-Tá nos traillers ainda, tu vai ver o quê, menina?
-Vou ver se tá passando algum outro filme bom, que eu queira assistir.
-Ave! Vamo fazer um acordo?
-O quê?
-Não assistimos mais nenhum filme bom juntos.
-Certo, mas este filme parece que é bom, eu não quero pagar pra ver ele de novo.
[pausa]
-Pronto. Começou. Mas não precisa prestar atenção agora, ainda tá nos créditos.
-Nos créditos é, animal? Hehehe. Os créditos são só no final!
-Ave! Que menina ignorante... Ainda tá mostrando esses nomes brancos, você entendeu!
-Tá, entendi. Mas é melhor ver o comecinho pra saber se vale a pena assistir o filme todo.
-Certo. (Droga, o outro filme era perfeito, era uma droga!)

------------------------------------------------------------------------

-E aí, o que você achou do filme, menino?
-Nunca vi um filme tão violento... e sinistro. E o povo apanha, apanha e nem morre. Além de ter umas partes nojentas...
-Nem me fale, depois da parte da privada eu não consegui mais assistir.
-Você não viu nada! Precisava ter visto o Frodo morrendo! Nem eu consegui ver tudo. E a Rory? Aqueles olhos nem chamavam atenção... Mas massa mesmo foi a Jessica Alba!
-É né, safado! Eu toda carinhosa com você e você só queria saber da bunda daquela mulher!
-Ah, eu gosto da sua também...
-É, eu percebi!
-Percebeu!? Ouxi, e como eu não levei tapa?
-É que você foi discreto dessa vez...
-Ah, quer dizer que se eu for discreto eu posso...
-É. Talvez.
-Bom saber.
-Vamo lanchar.
-Bora.

------------------------------------------------------------------------

-Abre aqui a maionese pra mim.
-Abro, menina, perai. Pronto.
-Bigadinho.
-O pessoal da minha antiga turma vai fazer um luau, tu acha que tu pode ir?
-Acho que não.
-Imaginei. Tou pensando em levar o violão também, pra tocar.
-Ouxi! Mas tu nao toca quase nada!
-...
-Só algumas de Legião, Nirvana...
-E VOCÊ ACHA QUE SE TOCA O QUÊ EM LUAU!?
-Ave!
-...
-...
-...
-Quer coca?

___________________________________________________

*Talvez o começo do fim? Quem sabe?
*Um doce pra quem descobrir qual é o filme (você não, dudu!)
*Ouvindo: Cream - Sunshine of your love (é a nova!!)
*Italo veste:
-camisas de banda;
-camisas do Avalon.